Combate firme a Bolsonaro e defesa intransigente de Pernambuco, promete Humberto ao ser diplomado senador reeleito

Foto: ASCOM Senador Humberto Costa
Reeleito senador com uma votação superior a 1,7 milhão de votos, sendo o mais votado de Pernambuco, o atual líder da Oposição ao governo Temer no Senado, Humberto Costa (PT), reafirmou o seu compromisso com o povo de Pernambuco e com o combate ao governo Bolsonaro.
 Durante a solenidade de diplomação dos eleitos, nessa quinta-feira (06), no Classic Hall, em Olinda, ele prometeu intensificar a luta em defesa do trabalhador e das conquistas sociais do povo brasileiro.
“Meu compromisso com Pernambuco, que sempre foi grande, aumenta ainda mais. Estarei lá no Senado defendendo, intransigentemente, os interesses do povo pernambucano”, afirmou Humberto, momentos após ter recebido o seu diploma e ser aplaudido pela plateia que lotou e prestigiou o evento.
Sobre a expectativa quanto ao novo governo federal que assume em janeiro, o senador do PT reiterou sua disposição em fiscalizar as ações de Jair Bolsonaro e de sua equipe no que tange a ações que possam prejudicar o trabalhador: “Estarei na oposição firme ao governo Bolsonaro para preservar os direitos sociais do povo trabalhador brasileiro, para impedir que esse governo ataque e enfraqueça a nossa democracia”.
 Humberto Costa chegou ao local de diplomação por volta das 14h30 e foi abordado por repórteres, com os quais falou sobre o novo mandato que começa em 1º de janeiro. Na pauta, o cenário político de Pernambuco, após uma eleição tão acalorada como foi a de outubro.
 “Apesar da conjuntura nacional difícil, eu creio que Pernambuco tem tudo para retomar o seu crescimento, para promover um entendimento amplo com todas as forças políticas, para que possamos voltar a crescer e fazer com que a nossa população possa ter dias bem melhores. Eu acho que o governador Paulo Câmara saiu legitimado dessas eleições, ganhou e elegeu dois senadores. E isto lhe dá forças e condições para fazer um bom trabalho”, assinalou o senador.
Paulo Câmara (PSB), reeleito com 1.918.219 votos, derrotando o seu concorrente, o senador Armando monteiro (PTB), viu seus dois candidatos ao senado, Humberto e Jarbas Vasconcelos (MDB), serem vitoriosos com 1.713.565 e 1.430.802 votos, respectivamente, vencendo os candidatos Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB).

Postar um comentário

0 Comentários