Bois, Maracatus e Escolas de Samba são algumas das atrações do Polo Cultural no Carnaval em Paudalho

Foto:Isack de Castro
O Carnaval do Paudalho é Centenário, diverso, eclético e acolhedor. A estimativa é que, por dia, mais de 100 mil pessoas participem da festa no Município e cerca de 200 agremiações e blocos encham as ruas da cidade com muita folia durante todos os dias da celebração. No período carnavalesco, além do Polo Principal, o Banho de Frevo e a versão infantil da programação, a Prefeitura preparou apresentações no Polo Cultural que será montado na Praça Pedro Coutinho, no centro do Paudalho. Entre as atrações, vão se apresentar: Bois, Maracatus e escolas de samba.

Confira a programação completa: 

Domingo 11/02
Segunda 12/2
Terça13/02
Boi Legal
Boi da Mônica
Boi Imperador
Boi da FL
Boi Carinhoso
Boi Malhado
Boi Malandro
Cavalo Babau
Maracatu Águia Dourada
Maracatu Fonte do Itaíba
Maracatu Leão Teimoso
Caboclinho Reiamar
Escola de Samba Unidos da Primavera
Amantes do Luar
Magia Lírica
Som de Serenata
Clube Lenhadores
Clube Cruzeiro do Sul
Boi Bole Bole
Vaca Carinhosa
Boi Vamp
Boi da Loca
Boi do Cruzeiro
Boi Alegria
Boi Pobre
Cavalo Babau
Caboclinho Urubá
Caboclinho Anambé
Escola de Samba Estação da Primavera
Bloco Lírico Linda Flor da Mata
Bloco Lírico Som de Serenata
Clube Estrela
Clube Lenhadores
Bloco Valdemar Ferreira
Boi Pipoquinha
Boi Cangaceiro
Boi Criança
Boi Timbu
Boi Brilhoso
Caboclinho Canindé
Escola Gigante do Samba
Bloco Lírico Som de Serenata
Bloco Lírico Magia Lírica
Bloco Lírico Amantes do Luar
Clube Cruzeiro do Sul
Clube Estrela

Foto: Isack de Castro
Polo Principal 

No tradicional Banho de Cheiro que começa no domingo (11), a programação será iniciada às 14 com a Orquestra do Clube Estrela, João do Morro e Nádia Maia. Já na segunda-feira (12), a alegria e a descontração se misturam nos ritmos do MC Troia, do cantor consagrado Alceu Valença e da Orquestra do Clube Cruzeiro do Sul. Na terça-feira (13), a folia continua com a Orquestra do Clube Lenhadores, André Marreta e Chicote Elétrico. Todas as apresentações serão no Pátio de Eventos Beira-Rio, no centro da cidade.

Foto: Isack de Castro 
Banho de Cheiro Infantil

Pela primeira vez a versão infantil da programação vai ocorrer durante os três dias. O Banho de Cheiro Infantil começará no domingo (11) com a banda Balão da Alegria. Na segunda-feira (12) a criançada vai se divertir ao som da banda “A Barca Maluca”. Já na terça-feira (13), a banda Balão da Alegria sobe novamente ao palco para animar os pequenos. O evento começará todos os dias a partir das 9h.  

Homenageado 

Eufrásio Gouveia Nasceu em 07 de novembro de 1918 e foi o 30º· prefeito da cidade. Desde pequeno já mostrava liderança. Enquanto esteve à frente da Prefeitura, entre os anos de 1966 e 1969, foi considerado o grande iniciador do trabalho. Entre as centenas de ações que realizou podemos destacar a construção da Maternidade Laura Bandeira de Melo – que abriga as instalações da futura Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Município; do então “Ginásio” Municipal de Paudalho, o atual Colégio Municipal do Paudalho (CMP) Carmem Pinheiro Campos Gouveia – fundado em janeiro de 1969, que tem 1.389 alunos matriculados; o Estádio Municipal, localizado no bairro da Primavera; e a construção de 106 casas populares, com a criação de duas vilas residenciais, sendo uma delas localizada à margem da BR 408, conhecida como “Vila da Pista”, e a outra, na localidade do Alto do Cruzeiro. Foi o primeiro a pavimentar ruas do Alto Dois Irmãos, Livramento, Praça Santa Tereza, Rua da Linha e implantou o primeiro serviço de limpeza urbana.

Mas, o destaque não foi apenas na gestão. O ex-prefeito foi escolhido como grande homenageado do Carnaval 2018 pela sua contribuição cultural aos clubes e agremiações da cidade. Eufrásio Gouveia, por exemplo, cedeu o terreno e construiu com recursos próprios o prédio do centenário Clube Estrela do Paudalho. Sempre foi um incentivador da cultura no Município fomentando a festa de Momo mesmo quando não estava à frente da Prefeitura.

História

Em 2018, Paudalho completará 207 anos como Município. Sua fundação ocorreu no final do século XVII, pelos franciscanos em um aldeamento de índios cerca de duas léguas do Rio Capibaribe. A história do Município, que fica na Mata Norte de Pernambuco, se confunde com a trajetória de início do Estado e do Brasil. No Carnaval não é diferente. A cidade também é referência na região. Com seus clubes centenários como, por exemplo: o Estrela do Paudalho e o Clube Lenhadores. Pela sua grande contribuição cultural, a cidade tem sido destaque no quesito Carnaval.

Postar um comentário

0 Comentários