Suspeito de atirar no promotor, em Itaíba, é transferido para o Cotel

Foto: Wagner Sarmento/JC

Depois de ser reconhecido pela noiva do promotor assassinado em Itaíba, no Agreste, como um dos autores do crime, Edmacy Ubirajara, de 47 anos, está preso temporariamente e na noite desta quarta-feira (16) foi autorizada a sua transferência para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), no Grande Recife.

Mysheva Ferrão Martins prestou depoimento na Delegacia de Águas Belas na tarde desta quarta e reconheceu Edmacy como um dos homens que realizaram a emboscada na PE-300, na última segunda-feira, e efetuaram os disparos contra o carro em que se encontravam o promotor Thiago Faria Soares, 37 anos, a própria Mysheva e um tio dela, Adaltivo Elias Martins.
O agricultor foi preso em Águas Belas após se apresentar espontaneamente na delegacia do município, na terça (15). No local, foi verificado que o homem tinha um mandado de prisão expedido em 2000 por envolvimento com roubo de carro. Um segundo suspeito, que dirigia o carro para que Edmacy atirasse contra o promotor, continua foragido.
Edmacy é cunhado do fazendeiro José Maria Pedro Rosendo Barbosa, o "Zé Maria de Mané Pedo", principal suspeito de ser o mandante do crime, que está foragido.

Fonte: NE10

PALAVRAS-CHAVE