Sem fazer contas, Náutico encara São Paulo com um novo esquema

Venezuelano Peña volta à equipe do Náutico diante do São Paulo/ Foto: JC Imagem
A situação do Náutico é quase irreversível no Brasileirão. A equipe alvirrubra precisa vencer os dez jogos restantes da competição e ainda torcer por uma combinação de resultados para escapar do rebaixamento da Série B. Na noite desta quarta-feira, a equipe encara o São Paulo, no Morumbi, sem fazer contas. Na lanterna, com 17 pontos, o Timbu vai entrar em campo para superar o adversário e encontrar forças para continuar na disputa da competição. Mas a missão não será fácil. Afinal, com 34 pontos e na 15ª colocação, o São Paulo quer a vitória a todo custo para se afastar ainda mais da zona de degola. O confronto começa às 21h.

Para este duelo, o técnico Marcelo Martelotte  está fazendo alteração no esquema da equipe. O comandante alvirrubro sacou o atacante Olivera e escalou Peña, deixando o Náutico no esquema 3-6-1. Ele espera que a equipe tenha mais volume de jogo e mobilidade no setor ofensivo. "Peña e Tiago Real serão os responsáveis pela armação das jogadas", explicou.  O meia foi acionado na partida contra o Cruzeiro, na Arena Pernambuco, e foi bastante elogiado. No entanto, como foi convocado para defender a seleção venezuelana, o treinador não pode contar com o atleta nas duas últimas partidas do campeonato. "Posso ajudar o time e vou procurar fazer o melhor. Estou em ritmo de jogo e isso pode ajudar a nossa equipe", declarou Peña.

As demais mudanças no Náutico não estavam nos planos do técnico alvirrubro. Na lateral-direita, Dadá entra no lugar de Maranhão, que cumpre suspensão automática por ter sido expulso na partida contra o Inter-RS. Na zaga, João Felipe também fica fora. O jogador tem vínculo contratual com o São Paulo e, por isso, será substituído por Alisson, que reaparece no time depois de um bom tempo afastado por conta de uma séria contusão. Maikon Leite, que será o único atacante do time, acredita que a equipe manterá a postura ofensiva dos treinos. "Com Peña e Tiago Real no meio, tenho que aproveitar as chances que eles vão criar", afirmou confiante. "Não estamos fazendo contas. Entramos em campo para vencer", completou.

SÃO PAULO

O time do técnico Muricy Ramalho vai encarar o Náutico cheio de desfalques. O lateral-esquerdo Paulo Miranda cumpre suspensão e será substituído por Reinaldo (ex-Sport).O lateral-direito Douglas também está fora pelo mesmo motivo e pode ser substituído pelo volante Wellington. O zagueiro Antônio Carlos e o atacante Luis Fabiano seguem fora porque ainda não se recuperaram de dores musculares.

Ficha do jogo

São Paulo: Rogério Ceni; Wellington, Rodrigo Caio, Edson Silva e Reinaldo; Denilson, Maicon, Ganso e Jadson (Rafael Toloi); Ademilson e Aloísio. Técnico: Muricy Ramalho

Náutico: Ricardo Berna; Dadá (Auremir), Alison, William Alves e Bruno Collaço; Derley, Elicarlos, Martinez e Tiago Real; Maikon Leite e Olivera. Técnico: Marcelo Martelotte.


Local: Estádio do Morumbi
Horário: 21 horas
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha
Assistentes: Neuza Ines Back e João Patrício de Araújo.

Fonte: NE10